O autismo é um distúrbio neurológico e de desenvolvimento que afeta a forma como as pessoas interagem com outras pessoas, se comunicam, aprendem e se comportam.

Descrevendo o autismo

É uma deficiência vitalícia que começa quando uma pessoa nasce e permanece com ela na velhice. Cada pessoa autista é diferente uma da outra. É por isso que o autismo é descrito como um ‘espectro’.

O transtorno do espectro do autismo (TEA) embora o autismo possa ser diagnosticado em qualquer idade, ele é descrito como um “distúrbio do desenvolvimento” porque os sintomas geralmente aparecem nos primeiros 2 anos de vida.

De acordo com o Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-5), um guia criado pela Associação Psiquiátrica Americana que os profissionais de saúde usam para diagnosticar transtornos mentais, as pessoas com TEA geralmente apresentam:

  • Dificuldade de comunicação e interação com outras pessoas
  • Interesses restritos e comportamentos repetitivos
  • Sintomas que afetam sua capacidade de funcionar na escola, no trabalho e em outras áreas da vida

O autismo é conhecido como um transtorno de “espectro” porque há uma grande variação no tipo e na gravidade dos sintomas que as pessoas experimentam.

Pessoas de todos os gêneros, raças, etnias e origens econômicas podem ser diagnosticadas com TEA. Embora o TEA possa ser um distúrbio vitalício, tratamentos e serviços podem melhorar os sintomas de uma pessoa e o funcionamento diário. 

Como identificar os sinais de autismo?

O Ministério da Saúde recomenda que a Atenção Primária à Saúde (APS) acompanhe todas as crianças, identificando sinais iniciais de atraso no desenvolvimento. Durante as consultas como o pediatra.

É importante que os profissionais estejam atentos aos sinais precoces de atraso de linguagem verbal ou não-verbal, déficit no contato social e interesse no outro, interesses repetitivos em excesso e estereotipias.

Se a avaliação indicar a necessidade de uma intervenção mais detalhada, a estimulação precoce deve ser iniciada imediatamente. O diagnóstico e o tratamento precoces são fundamentais para garantir o melhor desenvolvimento possível da criança. 

Veja também: Como saber se meu filho tem autismo

Qual o percentual de autistas no Brasil?

Segundo as estatísticas divulgadas pelo órgão de saúde Centers for Disease Control and Prevention (CDC), feita com base de dados de 2020 (crianças nascidas em 2012, de 11 comunidades diferentes em 11 estados dos EUA, da rede de Monitoramento do Autismo e Deficiências do Desenvolvimento), mostrou que 1 em cada 36 crianças tem autismo nos EUA (2,8% da população).

O que é autismo O que precisa saber
Imagem Google

Quando falamos sobre o TEA no Brasil, infelizmente não existem números oficiais de prevalência. Sendo o último estudo feito em 2011 em Atibaia-SP. Porém, podemos falar proporcionalmente com base no estudo do CDC, que no Brasil seriam cerca de 5.9 milhões de pessoas com TEA.

Porém, no mês de julho de 2019,  deu-se um passo muito importante para os direitos dos autistas, foi sancionada a Lei 13.861/2019, que prevê a inclusão de dados específicos sobre autismo no censo de 2020 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

Veja também: Os Impactos da Pandemia na Vida das Pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA)

Mitos e mal-entendidos sobre autismo

Definir adequadamente o autismo na prática é complexo. Existem muitos mitos e mal-entendidos sobre o assunto. Mas embora muitos autistas passem por dificuldades, com o apoio certo eles podem alcançar uma ótima qualidade de vida.

Há também um equívoco de que o espectro do autismo é linear. Na verdade, as pessoas autistas exibem uma amplitude de características. Estes abrangem seus pontos fortes, comunicações, interações sociais, lazer e diversão. Em vez de uma linha reta, suas características parecem mais uma constelação. E exatamente por causa dessa pluralidade a ciência ainda encontra tantos desafios para identificar a ou as causas do autismo.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Scroll to Top